Vocalista do Travis em carreira solo

Fran Healy está em turnê e fará shows de abertura para Brandon Flowers

Pediram notícias do Travis, uma banda escocesa que está naquela leva de bandas indie que ganharam as rádios no final dos anos 90. De lá para cá muita coisa mudou e não sei se você se lembra de “Why Does It Always Rain On Me”, que está no segundo disco da banda, “The Man Who” (1999), pelo qual eu e meio mundo tomou conhecimento da banda. Mas se esta balada não foi o bastante, logo eles vieram com “Sing” em “The Invisible Band” (2001).

Outras belas canções rechearam os discos seguintes, mas após “Ode To J Smith”, de 2008, Fran Healy (vocal), Andy Dunlop (guitarra), Neil Primrose (bateria) e Dougie Payne (baixo) “deram um tempo”. A banda não acabou oficialmente, mas há tempos nem falam em um novo disco.

Enquanto isso, o vocalista Fran Healy se lança em trabalho solo, o disco “Wreckorder”. O fim do Travis pode não ser definitivo, mas a julgar por entrevistas recentes de Healy, parece que eles não estão muito interessados em trabalhar juntos tão cedo. Em uma dessas entrevistas, que está no site dele (em inglês), ele chega a dizer que estava entediado e não queria fazer nada com banda, por isso o disco solo.

Além dos próprios shows, ele tem datas como artista de abertura dos shows de Brandon Flowers (The Killers) em julho na Alemanha, Holanda e Luxemburgo. Se o “Wreckorder” é parecido com o que Healy faz no Travis? Após duas audições apenas, sim, um pouco. Mas você pode tirar as suas conclusões: www.franhealy.com.

Paul

Fran Healy queria um baixista especial para tocar em “As It Comes”. E quem mais especial do que “o baixista dos Beatles”, Sir Paul McCartney? E não é que ele conseguiu? Entre uma pausa e outra de sua “Up and Coming Tour” Paul foi ao estúdio e gravou com Healy. O vocalista ficou tão agradecido que, em troca, aderiu ao vegetarianismo, como forma de agradar Paul, defensor desta prática.

Fonte: Correio de Uberlândia

Please follow and like us: