Vegetariano ano 2056?

Carne e consumo de carne. É de ficar desesperado. Mesmo assim… no mesmo dia, recebo um e-mail sobre uma pesquisa publicada na revista New Scientist (5). A pedido de seus editores, 40 cientistas proeminentes fizeram previsões sobre o que seria muito comum em 2056. O que leio? “Os cientistas prevêem que daqui a 50 anos todos serão vegetarianos, porque teremos a capacidade de entender os pensamentos e as emoções dos animais.

Ainda preciso ver para crer, mas certamente dá um fio de esperança de sobrevivência nesta ‘capital da carne’. Eu mesmo não sou vegetariano, mas se reduzirmos coletivamente o consumo de carne, já resolveremos muitos dos problemas que nos ameaçam mundialmente hoje em dia. É disso que trata o livro sobre soja e nossa história de 17 anos de atuação de Wervel. É claro que também são tratados outros argumentos, além das emoções dos animais, embora, aqui no escritório, Ivo Dickmann acabe de me contar sobre um DVD brasileiro muito contundente. Este também trata das emoções dos animais pouco antes de serem abatidos. O interessante é que é logo Ivo – que é carnívoro – quem puxa o assunto aqui, na ‘capital da carne’. Ele está realmente sensibilizado pelo filme e eu, definitivamente, quero assisti-lo.

Please follow and like us: