Vai um jiló aí?

Se você é da turma dos vegetarianos, não torce o nariz para legumes e verduras

Rafael Hupsel/Folha Imagem
 

Kelsy, Gabriela e Yuri, que são vegetarianos e adoram legumes

JULIANA DORETTO
COLABORAÇÃO PARA A FOLHA

Você torce o nariz para jiló ou abobrinha? Então não está no grupo da Nathalia, do Yuri, do Pedro, da Ana Luiza e da Gabriela, que são vegetarianos.
Os vegetarianos não comem nenhum tipo de carne: de boi, de frango, de porco ou de peixe. E as crianças explicam que fazem isso pelo amor aos animais. "Os bichinhos são como nossos amigos", diz Yuri Costa, 8.
Eles trocam a carne por verduras e legumes. Não gostam de tudo, mas, ao contrário de muitas crianças, pedem para as mães colocarem no prato boas porções de alface, tomate, cenoura e broto de feijão.
Pedro Schuwenck de Jesus, 7, conta que come verdura, mas não gosta de brócolis. Ele diz que já nasceu vegetariano: "Minha mãe conta que, quando eu era bebê, não queria a papinha com carne".
O garoto já convenceu colegas da escola a comer mais legumes. "Tenho um amigo que não gostava de tomate. Falei para ele que era muito bom, que tinha um monte de vitamina. Ele comeu e gostou."
Nathalia Jordão, 12, conta que um de seus pratos preferido é jiló. "Adoro o gosto amarguinho!" E também prefere uma boa porção de tofu (queijo-de-soja) a um cachorro-quente com uma grande salsicha. Ela seguiu a mãe e virou vegetariana, há mais de dois anos.
A mãe de Yuri não proíbe o garoto de comer carne, mas ele diz que não gosta nem do cheiro. Ele prefere comer milho, couve-flor e, principalmente, quiabo. "Eu como quiabo cru, até sem sal", conta.
Ana Luiza Ablas, 11, é vegetariana como os pais e adora berinjela e rúcula. Ela conta que fez a professora de piano mudar de idéia sobre comida. "Dizia para ela que comer carne não fazia bem. Um dia ela me disse que ia parar e parou. Fiquei feliz", lembra.
Gabriela Alves, 11, tinha uns sete anos quando tirou carne do cardápio. "Em casa, quem primeiro parou foi meu pai. Depois fui eu." Mas ela diz que não foi fácil: "Depois de três meses sem carne, vi que eu já era vegetariana de verdade".

  Eles preferem comer em casa

Nem sempre é fácil para a criança vegetariana comer fora de casa. É que muita gente olha feio ou não dá importância quando elas recusam carne. Por isso ir a um restaurante ou comer o lanche da escola, às vezes, dá alguma confusão.
Nathalia Lázaro Jordão conta que já teve problemas com os colegas da escola. Ela estava comendo a merenda quando percebeu que tinha carne na comida.
"Então eu cuspi", conta. "Mas uma menina viu e ficou dizendo que adorava carne, que é a coisa mais gostosa do mundo. Deixei a garota falar, não liguei. Por isso prefiro comer em casa."

Menina deixa o leite para o bezerro

Kelsy Diaz Nakashima, 10, não sabe o gosto do leite de vaca nem da omelete. Ela é "vegana" (ou "vegan", em inglês): termo usado para indicar quem nunca comeu carne nem outro alimento que venha dos animais.
"A vaca produz o leite para o bezerro dela. E do ovo vai sair o pintinho. Não acho que a gente deva comer."
Se dá vontade de tomar iogurte ou comer bolo, a mãe da menina substitui alguns ingredientes. Leite de soja entra no lugar de leite de vaca, por exemplo.
Os "veganos" também não usam material retirado dos animais -como roupas de couro. "Gosto tanto dos animais que não tenho coragem de matar um inseto."

legumes e verduras

Couve-flor
É rica em vitamina E, um potente antioxidante que protege as células contra o envelhecimento celular e aumenta absorçãp de vitamina A que protege as células do sangue

Cenoura
Tem betacaroteno que contribui para a saúde dos dentes, dentes, dos olhos, do cabelo e da pele. Tem também fibras que ajudam no funcionamento intestinal

Brócolis
É um importante alimento para os vegetarianos porque possui vitamina C (que, além de ser valiosa para o sistema imunológico, ajuda na absorção do ferro cao do ferro) e cálcio (que ajuda na formação e na mineralização dos ossos e dos dentes)

Jiló
É uma fonte razoável de carboidratos, proteínas, cálcio, ferro, e vitaminas A e C

Repolho
Tem boas quantidades de vitaminas E, C e K além de carboidratos, proteínas e gorduras

Pepino
Tem entre 90 e 95% de água e, por isso, baixas calorias. É fonte de fibra e de vitamina C

Nabo
Possui vitamina C, cálcio e fibras. Pouca gente sabe, mas as folhas são muito nutritivas e possuem às vezes mais nutrientes do que as raízes

Alface
Vitamina C, fibras e minerais são alguns dos nutrientes desse vegetal que possui grande quantidade de água

Tomate
Rico em potássio, sódio, vitaminas A e C e fibras

Soja
Rica em proteína, é muito consumida por vegetarianos. Ela também tem isoflavona que, combinada com seus ácidos graxos poliinsaturados reduzem os riscos de doenças crônicas. Também é fonte de ferro, potássio e zinco.

Fonte: Folhinha – suplemento infantil da Folha de São Paulo

Please follow and like us: