Sevananda – HISTÓRICOS DO YOGA NO BRASIL

HISTÓRICOS DO YOGA NO BRASIL

Organizado por Sandra Cury

O primeiro grupo comunitário de Yoga conhecido no Brasil, foi o “Monastério Amo Pax” em Resende (RJ), fundado por Sêvananda Swami e sua esposa Mestra Sadhana que desenvolveram atividades em Yoga no período de 195 a 1960. Sêvananda Swami, nascido na França, cujo nome verdadeiro era Léo Costet de Mascheville, foi quem oficialmente trouxe o Yoga para o Brasil, fundando a Ordem dos Sarvas.

“Sêvánanda colocava o termo swami no final do nome, o que era uma declaração de que não se tratava de um swami (monge hindu), mas que usava essa palavra como sobrenome, e isso confundia os leigos.”(De Rose). Muitos desses leigos se referiam a ele como “Swami” Sevananda, pois um dos mais relevantes Mestres de Yoga da Índia, chamava-se Swami Sivánanda (médico e yogue que fundou ashram em Rishikeshi, Índia, na divisa com os Himalayas.

Segundo Prof. Ulysséa, Sêvánanada Swami que se ligara a esta terra desde 1927 pela Ordem Rosa Cruz, viajou por várias cidades fazendo conferências, fundou um grupo em Lages (SC) e o mosteiro em Resende (RJ). Segundo De Rose, ele era um líder natural e sua voz era suficiente para arrebatar corações e mentes. Com Sêvánada, aprenderam Yoga, todos os instrutores da velha guarda, sob conotação mística e em clima de monastério.¨

Velha guarda essa, composta pelos grandes Swami Sarvananda (George Kritikos), Pierre Weil, Jean Pierre Bastiou, Maria Luiza S. Keddy, Caio Miranda e o casal Neyda e Octávio Melchyades Ulysséa que se casaram no Mosteiro ¨Amor e Paz¨ em 1953, e são os fundadores do 1O Curso Regular de Formação em Yoga no ano de 1981, na atual Faculdades Integradas Espírita, na época chamado de Faculdades de Ciências Bio-Psíquicas do Paraná.

Na década de sessenta, Caio Miranda que tinha forte carisma, iniciou o trabalho de academia no Brasil, escreveu o primeiro livro sobre Yoga e vários outros. Também fundou academias de Yoga em diversas cidades, e, formou os primeiros instrutores de Yoga. Em seguida, o Prof. J. Hermógenes, yogue em plena atividade com 85 anos, é conferencista, professor e autor de mais de 40 livros sobre yoga, formando gerações de professores de Yoga com notável brilho e influência.

Encabeça ainda, esta lista primorosa nomes de influência no cenário de Yoga no Brasil, como Maria Helena Bastos Freire, sócia fundadora da Associação Internacional de Professores de Yoga (IYTA); Cláudio Duarte do Yoga Clássico em S.Paulo; Profa. Marilda Veloso, pioneira no seu estado do RJ e pela regulamentação do yoga no Brasil. O Prof. De Rose do Swásthya Yoga, ao implantar yoga nas universidades e instituir o 1º projeto de lei que regulamenta a profissão de yoga. Com certeza, outros notáveis ao longo dessa jornada deram o seu quinhão para que essa história registre-se nos anais do yoga em terras brasileiras.

HISTÓRICOS DO YOGA EM CURITIBA – PR

Caio Miranda e José Hermógenes, pioneiros da literatura yogue brasileira, de cuja semeadura CURITIBA foi agraciada com o pioneirismo e a dedicação de mais de 35 anos de professores como Íris Bigarela, Vitória Montenegro, Ivete Buck Silva, Theodolinda Marques Cury, Monserrat Fernandes, Maria Alvim Veiga, Terezinha Sá Barreto, Irmã Geralda e, as inesquecíveis Neuza Soares Dias, Ivone S. Boutin e Nelva Ribeiro que partiram para as dimensões da luz. Dessa lista, é importante mencionar também,o trabalho louvável de Mary Martinez na chácara da Paz em Piraquara, pioneira na recuperação em yoga de pessoas com dependência química. A maioria dessas venerandas senhoras do Yoga, prestaram importante colaboração para o Curso de Formação de Professores de yoga, na então Faculdade de Ciências Bio-Psíquicas.

De saudosa memória, destacamos o trabalho de Neusa Soares Dias (Sócia-fundadora da Associação de Yoga do Paraná em 1983), Ana Laura Navarro, Aracy Siqueira, Aglacy Stocco, Rodovina e Manoel Bento Correa.

Da semeadura do Prof. De Rose, destacam-se grandes colaboradores como Iná Camargo, Rivanda Pimentel e Uberto Gama atualmente, como diretor do Instituto Vidya Yoga. De Sri Autrobindo e Mira Alfassa (A Mãe), o Yoga Integral representado pelo saudoso Rolf Geleswski (década de 70), ganha o primeiro Núcleo Sri Aurobindo de Curitiba, hoje na continuidade dos queridos Prof. Horivaldo Gomes (RJ) e Monserrat Fernandes (Curitiba – Ashram Monserrat, inaugurado em 28 de março de 2004).

Todas essas maravilhosas pessoas, lançaram sementes que caíram em campo fértil e que floresceram através de seu trabalho em dezenas de academias, clubes, academias, escolas e cursos. Formaram e formam gerações de professores e praticantes, que hoje mantém viva a valiosa e milenar tradição do Yoga .

Destacam-se ainda, como instituições pioneiras a ensinar o Yoga em Curitiba, as Faculdades Integradas Espírita com o Curso de Formação em Yoga. desde 1981, através do estimado casal, Profs. Otávio e Neyda Ulysséa, os Clubes Curitibano, Concórdia, Thalia, Círculo Militar (desde 1972 através da profa. Theodolinda M. Cury), o Centro de Criatividade do Parque São Lourenço (por 1 ano, estágio para os alunos do Curso de Yoga – Faculdade Espírita), Clínica e maternidade Paciornick e Hospital Santa Brígida (Yoga para gestantes), Centro Filosófico Delfos (Isabel Furini e Francisco Zemeck), Sesc da Esquina e da Terceira Idade (desde 1985), Universidades Federal e Católica do Paraná (Cursos para a formação de Instrutores de Swástya Yôga, Centro de Estudos Holísticos de Curitiba (desde 1989) e, o colégio Curitibano, ao trazer a experiência de vanguarda, adotando aulas de Yoga semanais para alunos da 3a. série do 1O grau.

Cantamos parabéns ao 22 anos de existência da Aypar, aos 27 anos do curso de formação de professores de Yoga das Faculdades Espírita que tem hoje reconhecido pelo MEC, o projeto do curso seqüencial superior em Yoga com ênfase em yogaterapia Foi desenvolvido e implantado pela querida e inesquecível Profa. Neusa Kutianski de Araújo Santos, grande batalhadora e incentivadora do Yoga que com grande pesar nos deixou recentemente, em 08 de outubro de 2006.

Dessa forma, à profa. Neusa Kutianski e a todos os mestres, pioneiros e também as instituições que legaram e tornaram possível o conhecimento do Yoga para gerações de praticantes e profissionais de Yoga, a nossa profunda admiração e gratidão eternas. Saudações em Shiva! Hari Om! Namastê !

Sandra Cury
26/02/2007

Boletim Informativo da Aypar no. 3 – Maio/1991 Prontuário Antigo de Swuáthya Yoga – De Rose

Fonte: http://www.aypar.org.br/publicacoes.php 

Please follow and like us: