Ser vegetariano

Ser vegetariano: Mais que uma opção alimentar uma opção de vida.

   Quando você se recusa a comer carne, você não recusa apenas um alimento juntamente com aquele cardápio você rejeita um estilo de vida. Estilo proposto por marcas famosas e amplamente divulgado pela mídia.

   Esse estilo de vida ao qual se abdica é aquele que em suas campanhas publicitárias exibem rostos felizes e famílias perfeitas, e também é o mesmo que gera pessoas obesas e doentes. É o mesmo que cria animais em locais minúsculos os acelerando seu crescimento por intermédio de hormônios e posteriormente os sacrifica de maneira bárbara e cruel.

     Existem outras variedades de propostas nutricionais no mercado que propõem uma alimentação balanceada com um consumo de carne não superior a cinco porções semanais. Mas sinceramente não acredito que isso seja o suficiente uma vez que em meu raciocínio valorizo a qualidade em todos os dias.

     Será mesmo possível pregarmos o equilíbrio e um modo de vida harmônico sendo que a cada refeição teremos que sacrificar um ser vivo. Se realmente somos o que comemos, não no tornaremos pesados depositando em nossa refeição o peso de uma vida.

   O vegetarianismo é uma proposta não é uma obrigação a aceitar, mas vamos ao menos refletir sobre ela e se você a escolher. Quando você soltar a voz e dizer; sou vegetariano. Estará dizendo também; eu quero ser saudável de verdade, eu não preciso matar outro ser para me alimentar, eu não concordo com esse sistema massificante em vigência, eu ajudo a humanidade a evoluir.

   E então começar melhorando a sociedade por nossa alimentação, vamos ser vegetarianos? A decisão é sua, escolha.

Fonte: Textolivre

Please follow and like us: