QUEM SE BENEFICIA COM A DESTRUIÇÃO DA  AMAZÔNIA

{mgmediabot2}type=youtube|youtubeid=YmajgqaJ0mc&feature{/mgmediabot2} 

Esta segunda pesquisa do projeto Conexões Sustentáveis mostra que grandes empresas que atuam no município de São Paulo continuam presentes na cadeia produtiva de crimes ambientais e sociais cometidos contra a Amazônia.
 
Produtores de carne bovina, soja e madeira ligados à devastação da floresta e de sua gente possuem relações comerciais com quem abastece o dia-a-dia,  das gôndolas de supermercados às lojas de móveis.

O objetivo é alertar empresas e consumidores sobre a importância de adotar um novo comportamento que não financie a exploração predatória dos recursos naturais, roube a dignidade de trabalhadores ou que cause danos às populações tradicionais. É possível produzir na Amazônia sem devastá-la.

São Paulo continua como a mais importante financiadora da devastação da floresta amazônica por ser a principal consumidora de seus produtos. Com essa segunda pesquisa, esperamos contribuir para reverter esse quadro. A seguir, leia a pesquisa ou navegue pelas animações ao lado.

 

 

Please follow and like us: