Ovídio

Vegetarianismo

No último livro de Metamorfoses, Ovídio transcorre sobre Pitágoras, e escreve o que seria seu discurso. Alguns adeptos da filosofia vegetariana encontram no poema o que talvez seja uma espécie de simpatia por parte de Ovídio com o pensamento do matemático (considerado o "Pai do Vegetarianismo no Ocidente").[137][138] O seguinte trecho da Metamorfoses, Livro XV, chamado "Discurso de Pitágoras",[139] é usado para tal fim:

" 'Se homens com carne mortal precisam ser alimentados,
E mastigar com dentes sangrentos o pão que respira;
O que é isso senão devorar nossos convidados,
E barbaramente reprisar os banquetes dos ciclopes?
Enquanto a Terra não só pode satisfazer suas necessidades,
Mas, pródiga em suas provisões, sustentar a luxúria;
Um banquete sem culpa administra com gosto,
E sem sangue é pródiga em satisfazer.' "[140]
 
 
O Livro XV da Metamorfoses talvez apresente uma simpatia entre Ovídio e o pensamento de Pitágoras.
 
  1. Dra. Shirley. "Pitágoras, Vegetariano" (20/10/2003). Consulta: 24/08/2009.
  2. Rynn Berry diz que até o final do século XIX o indíviduo que se alimentasse de uma dieta sem carne era chamado de "pitagórico". Berry, Famous Vegetarians.
  3. Versão em espanhol: Ovídio, Met., XV, v. 91-98
  4. Ovídio, Met., XV, v. 91-98 Tradução do Centro Vegetariano. Disponível em http://www.centrovegetariano.org/literatura/Article-17-Um%2Bpoema.html. Consulta: 24/08/2009.

 

Please follow and like us: