Mc Dia Feliz ou McCâncer Infeliz?

Todos os anos a gente se depara com a campanha do Mc Donald´s intitulada Mc Dia Feliz, onde a pessoa contribui com instituições que tratam e curam o câncer comprando e, claro, comendo um Big Mac.

Será que as pessoas sabem como o consumo de carne pode estar relacionado ao aumento do câncer na população?

 É uma controvérsia ver a venda de algo que causa o câncer contribuir para combater o mesmo. Será que alguma empresa de cigarro vai fazer uma campanha onde você compra os cigarros em um determinado dia e ajuda a combater o câncer de pulmão? Realmente isto é um disparate!
 
 Veja abaixo notícias e estudos que mostram a relação do consumo de carne com o câncer e no final do e-mail a relação das Instituições que você pode contribuir diretamente sem precisar comprar qualquer Big Mac.
 
Links que  mostram relação da carne com câncer:
 
1.  Notícia da BBC-Brasil
 
'Corante de hambúrguer pode causar câncer'
 
A substância E128, também conhecido como Vermelho 2G, usada como corante em hambúrgueres e salsichas pode causar câncer, segundo alerta da Autoridade Européia de Segurança Alimentar.
 
 
2. Associação Brasileira do Câncer
 

O não prazer da carne
Causas do Câncer
Estudos sugerem que o consumo prolongado de carnes pode estar associado a uma maior incidência de câncer colorretal.

 
 
3.Carne vermelha aumenta risco de câncer no intestino, diz estudo da BBC Brasil
 

Estudo publicado na revista do Instituto Internacional do Câncer demonstra que o consumo de carne vermelha pode causar câncer no intestino. O desenvolvimento da doença pelo consumo de carne vermelha foi feito pelo Centro de Investigação Prospectiva sobre o Câncer e a Nutrição da Europa (Epic, em inglês), segundo matéria publicada na Folha On Line.

Segundo Sheila Bingham, uma das autoras do estudo, este foi o maior estudo do gênero na Europa, já que foram observados os hábitos alimentares de mais de 500 mil pessoas no continente por dez anos.

Ainda no mesmo estudo, descreve-se que quem come mais de 2 porções de 80 gramas / carne/ dia tem 35% mais chance de desenvolver a doença do que os que comem uma porção ou menos por semana.

 
4.
              PUC-SP Campus Sorocaba

Carne vermelha dobra risco de câncer de mama, diz estudo

Um novo estudo divulgado por cientistas americanos indica que consumir carne vermelha pode quase dobrar o risco de câncer de mama em mulheres que ainda não chegaram à menopausa.

 
5. Câncer e danos ao DNA

Um estudo publicado no jornal médico Cancer Research e realizado pela Open University britânica concluiu que uma dieta rica em carne vermelha tem mais chances de causar câncer. Isto ocorre porque este alimento danificaria o DNA (CARNE, 2006).

Pessoas que comem carne vermelha regularmente apresentaram um dano maior nas suas células retiradas para o estudo. A causa, segundo a equipe acredita, é a presença de substâncias chamadas composto n-nitroso que são formadas no intestino grosso e que combinariam com o DNA modificando-o. As chances de aparecer um câncer acontece quando o código genético tende a sofrer mutações maléficas.

6. Câncer de próstata

a.)Segundo o INCA (Instituto Nacional de Câncer – Ministério da Saúde) existem evidências de que uma dieta pobre em gordura animal pode diminuir o risco de câncer de próstata como também diminui o risco de outras doenças crônicas não transmissíveis. Este tipo de câncer é a segunda causa de óbitos por câncer em homens.

 Fonte: BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria Nacional de Assistência à Saúde. Instituto Nacional de Câncer. Coordenação de Prevenção e Vigilância – Comprev. Câncer de Próstata: consenso. Rio de Janeiro: INCA, 2002.
b.) Estudo associa gene da carne vermelha ao câncer de próstata
http://www1.folha.uol.com.br/folha/reuters/ult112u14647.shtml
Please follow and like us: