Matadouro


ANO:   1987
PAÍS:   EUA
DURAÇÃO:     85 minutos
DISTRIBUIDORA:     Transvídeo
DIREÇÃO:   Rick Roessler
ELENCO:     Don Barrett, Sherry Bendorf, Joe Barton
CARACTERÍSTICAS:    Colorido; Legendado/Dublado

SINOPSE:     Dono de frigorífico e seu filho são afastados do negócio mas se recusam a abandonar suas instalações e acabam matando todos os que se aproximam do local

CRÍTICAS:     A década de 80 foi considerada a melhor época para os filmes de terror. Produções de todos os tipos tinham o seu lugar e as produtoras realmente tinham vontade de produzir esse gênero de cinema, afinal, filmes de terror sempre levavam traziam boas bilheterias e tinham custo irrisório. Por essa razão esta década foi também a mais produtiva em relação aos filmes "slashers", onde assassinos corriam atrás de adolescentes para matá-los, uma variação "americanizada" dos giallos italianos.

A maioria desses "slashers" tem a mesma história, o mesmo estilo de mortes, os mesmo adolescentes idiotas e sem graça característicos dos anos 80. Por isso mesmo é de se comemorar quando encontramos um desses exemplares que contêm a mesma história, o mesmo estilo de mortes, os mesmo adolescentes idiotas característicos dos anos 80, mas que seja divertido. Esse é o caso do filme Matadouro (Slaughterhouse), feito em 1987 e dirigido por Rick Roessler.

A história é o mais simples possível, mas contêm algumas variações que deixam o filme com uma certa originalidade. O dono do atual e moderno matadouro de porcos do local quer a qualquer custo comprar a propriedade onde ficava o antigo matadouro. O problema é que o proprietário, um maluco chamado Lester Bacon (sobrenome sugestivo para um ex-dono de um matadouro de porcos, não?), que vive no lugar apenas com o seu filho Buddy Boy, um gordo demente, que adora ficar deitado na lama com seus porcos e com problemas sérios de higiene, não quer vender de jeito nenhum, pois se considera um artesão na técnica de matar porcos.

Ao mesmo tempo o grupo de adolescente mais descolado do lugar está a fim de fazer um filme de terror no lugar, o problema é que o Buddy Boy, além de ser um gordo demente, que adora ficar deitado na lama com seus porcos e com sérios problemas de higiene, é também um assassino que adora utilizar o cutelo novo que ganhou do seu querido pai. (Isso que acabei de contar não é um spoiller pois o rapaz aparece nos primeiros minutos do filme já utilizando o seu brinquedinho, a identidade do assassino nunca é escondida).

Sabendo que seu filho não hesita em cortar gargantas por aí, Lester trama uma vingança aos seus desafetos que estão tentando tomar a sua propriedade, ao mesmo tempo que a turminha do barulho invade o lugar apenas para serem mortos.

O interessante é que todos os elementos idiotas desse tipo de filme estão presentes e mesmo assim consegue ser mais legal do que muitas outras produções "slashers": as mortes são sangrentas, o filme é curto e não deixa o espectador se cansar e é divertido ver o gordão gruindo que nem um porco e matando as pessoas com seu cutelo.

Não é um filme que irá mudar o seu mundo, na verdade será esquecido cinco minutos depois de assistido, mas os 85 min. que você passará na frente da telinha não serão jogados fora.
O filme foi lançado no Brasil pela Trans Vídeo e lógico que está fora de catálogo, mas mesmo assim não é difícil de achá-lo. 

 

Please follow and like us: