Artigos de jornais e revistas

Mastercard discrimina vegetarianos – Flávio Hernandez

Prezados Sr. Diretor de Criação,  

Estou cancelando meu Cartão Master Card em virtude da propaganda criada pelos senhores a qual considero grosseira e de mau gosto. Sou vegetariano, advogado, e lamento muito pela ignorância e mau gosto da camapanha.  

Atenciosamente,      

Flávio Hernandez

________

[Resposta da MasterCard]

Prezados,

 A MasterCard tomou conhecimento da manifestação de vocês e lamenta o fato ocorrido em relação ao anúncio publicado na última semana.

Entendemos a posição de vocês e informamos que já providenciamos o cancelamento da veiculação da peça publicitária, salvo nos veículos onde não havia tempo hábil para isso por já estarem impressos.

Gostaríamos de enfatizar que em nenhum momento houve a intenção de discriminar nenhum cidadão ou segmento social.

Em nome da MasterCard e da McCann-Erickson, solicitamos que aceite nosso pedido formal de desculpas.

Andréa Denadai
Comunicações Corporativas
MasterCard International
São Paulo, Brasil
Tel.: 55 11 5508-0357 / 55 11 8126-3331
andrea_denadai@mastercard.com

________

[Resposta de Flávio Hernandez]

Prezada Andréa,

Agradeço a atenção e fico feliz que tenha sido solicitado o cancelamento da veiculação da referida propaganda.

Sou advogado e me tornei vegetariano há 5 anos.

Aproveito a oportunidade para estender à Master Card um convite que efetuei a McCann-Erickson, e que, caso seja aceito não irei trocar de bandeira. Espero que não entendam isto com "chantagem" apenas estou tentando transformar este triste episódio em algo produtivo para as partes envolvidas, já que o prejuízo para o vegetarianismo já aconteceu.

Estou pedindo que o diretor de Marketing da MasterCard receba dois membros da Sociedade Vegetariana Brasileira (sociedade está que tem legitimidade para defender os interesses de sues associados tanto na Justiça Comum quanto em face do CONAR), estas pessoas seriam eu e a Presidente da sociedade, para que possamos conversar com ele por 20 min e presenteá-lo com 1 exemplar de um livro o qual irá trazer maiores informações sobre o assunto citado na propaganda.

Creio que isso os fará compreender melhor porque os ativistas vegetarianos são tão certos e convictos de seus princípios e porque nos sentimos ofendidos com o referido comercial, ainda que este certamente não fosse o intuito da MasterCard.

Creio ainda que está conversa pode ser útil para que incidentes desta natureza não aconteçam novamente, outrossim serviria para harmonizar a situação sobre o impasse ocorrido.

Gostaria muito que minha sugestão fosse aceita pois isso seria engrandecedor para as duas partes.

Agradeço desde já e coloco-me à disposição para esclarecer eventuais dúvidas.

Atenciosamente,

Flávio Hernandez – Advogado

 

Please follow and like us: