John Davis – centenário da IVU

A seguir, uma entrevista com John Davis, historiador e diretor da IVU,
na qual John dá um vislumbre do passado da entidade (mais informações
históricas no site da IVU) e também de seu futuro.

1. O Congresso Vegetariano Mundial da IVU de 2008 comemorará o 100º
aniversário do primeiro congresso da entidade. Fale um pouco sobre o
Congresso de 1908.

John Davis: É uma longa história. No meu artigo "Why Dresden" ["Por que
Dresden"], em http://www.ivu.org/congress/2008/whydresden.html , há
links para mais artigos sobre o Congresso propriamente dito. Melhor
ainda: vá ao Congresso em Dresden no ano que vem, onde vou falar sobre
isso tudo! Visite http://www.ivu.org/congress/2008 .

2. Na sua opinião, o que surpreenderia os delegados de 1908 cem anos
depois, na evolução do vegetarianismo em geral e da IVU?

John Davis: A maior surpresa seria, sem dúvida, a maneira como usamos a
internet; até os delegados de 1994 ficariam espantadíssimos com isso.
Mas os delegados de 100 anos atrás se surpreenderiam ao descobrir que o
vegetarianismo é muito mais aceito como "normal" hoje em dia do que na
época deles.

3. Além do primeiro Congresso Vegetariano Mundial da IVU em 1908, quais
outros congressos se destacariam?

John Davis: O Congresso de 1957, na Índia, foi o primeiro a se realizar
fora da Europa e transformou a IVU numa entidade genuinamente global.
Veja meu artigo "The Fabulous Fifteenth" ["O fabuloso décimo-quinto"] em
http://www.ivu.org/congress/2006/fifteenth.html , onde falo mais sobre o
que aconteceu la'.

Em 1975 aconteceu o primeiro Congresso na América do Norte, descrito
pelos historiadores como "justificadamente […] a mais importante
reunião de vegetarianos dos Estados Unidos no século XX". Ele teve um
público imenso, cerca de 1.500 pessoas compareceram, e foi o pontapé
inicial de quase todo o vegetarianismo organizado que existe hoje na
América do Norte. Para saber mais, visite
http://www.ivu.org/congress/wvc75 .

Mais recentemente, o Congresso de 2004, em Florianópolis, no Brasil,
mostra sinais de ter o mesmo impacto naquela parte das Américas. Visite

4. Quais os pontos altos que você espera no Congresso de 2008?

John Davis: Basicamente, a oportunidade de encontrar uma variedade
extraordinária de pessoas do mundo inteiro. Nunca sabemos o que vai sair
desses congressos e todos têm lembranças pessoais diferentes do que foi
mais importante em cada um. Pode ser uma experiência marcante para cada
um e também para o movimento global.

5. Como você vê os próximos 100 anos da IVU, comparados aos 100 primeiros?

John Davis: A prioridade tem de ser a ênfase no mundo em
desenvolvimento. A maior parte das atividades da IVU no século XX
aconteceu na Europa e na América do Norte, agora é hora de os países
mais ricos ajudarem mais os que têm menos recursos próprios.

Estamos começando bem nisso com o primero Congresso Vegetariano a
acontecer na África, na Nigéria, de 8 a 10 de dezembro de 2007. Veja em
http://www.ivu.org/africa/nigeria2007.html.

E agradeço a todos os leitores do boletim IVU Online News que
responderam com tanta generosidade ao nosso apelo. Esperamos fazer muito
mais nessa linha durante o segundo século da IVU.

Please follow and like us: