Estamos loucos pelo Brasil! – John Davis – webmaster da IVU

ESTAMOS LOUCOS PELO BRASIL!

O 36º Congresso Vegetariano Mundial da IVU chegou e aconteceu; o Brasil é um país maravilhoso e poucos de nós queriam voltar para casa. A participação foi de cerca de 500 participantes hospedados, representantes de um número recorde de 32 países diferentes. O comentário mais ouvido foi: "é a melhor comida do mundo!" (100% vegana, é claro) e muitos disseram que o local também foi o melhor de todos – o Costão do Santinho fica num ponto idílico da ilha de Santa Catarina onde as montanhas cobertas de árvores encontram o mar. Tem praias gloriosas, uma vida selvagem variadíssima pelas trilhas nas florestas e instalações de altíssimo padrão no hotel propriamente dito.

Acrescente-se a isso um cardápio torturante de até cinco conferências e duas demonstrações de culinária a cada sessão (numa mistura de inglês, português e espanhol), mais espetáculos de dança e moda à noite, e realmente havia de tudo para todos.

Mas talvez este congresso tenha um significado maior e precisamos voltar um pouco atrás para pôr as coisas em perspectiva. Os anteriores 35 congressos da IVU foram todos inspiradores para aqueles afortunados que puderam comparecer, mas poucos tiveram um papel maior – os de 1908, 1929, 1957 e 1975 são os exemplos mais óbvios. O último deles, o de 1975, realizou-se na Universidade de Orono, no estado do Maine, nos EUA, e foi o primeiro Congresso na América do Norte. Houve cerca de 1.500 visitantes hospedados, ainda um recorde depois do da Índia, e comentaristas recentes consideraram-no a plataforma de lançamento do vegetarianismo organizado na região. É claro que havia grupos vegetarianos na América do Norte antes de 1975, o primeiro datando de 1850, mas em geral eram pequenos e isolados, além de um grande número de indivíduos ainda mais isolados. Depois de Orono, surgiram centenas de sociedades vegetarianas, além de dúzias de conferências, festivais e publicações, muitas fundadas por pessoas que se conheceram naquele Congresso extraordinário.

É claro que nem sempre é assim; havia muita esperança de que o Congresso de 1999, realizado em Chiang Mai, na Tailândia, tivesse efeito semelhante na região do Sudeste asiático, já que também foi o primeiro por lá, mas nunca gerou mais do que algumas marolas. Aqui não é lugar apropriado para analisar por que não atingiu todo o seu potencial, mas isso nos lembra que há muito a aprender sobre coisas assim.

O Congresso de 2004 já mostra sinais de ter um impacto bem maior do que o de apenas uma semana em Florianópolis. Até os últimos anos, a América Latina era uma região bastante "morta" para a IVU e esta foi a primeira vez em que se tentou ali algo desta envergadura. Essas coisas sempre são como apostas, mas o Conselho Internacional da IVU deu o máximo de apoio possível, tanto prático quanto financeiro. O Conselho, então, tomou a importante decisão de dar aos brasileiros espaço para realizar seu próprio espetáculo; e o resultado é que todos os líderes vegetarianos da América Latina conquistaram enorme força e confiança com a realização fantástica que foi Florianópolis 2004.

A Sociedade Vegetariana Argentina abriu caminho, realizando seu primeiro e muito bem sucedido Congresso Nacional logo antes do evento da IVU. Agora, tem o apoio da União Vegetariana da América Latina (UVL), fundada no Congresso brasileiro e que já planeja outra reunião na Bolívia no ano que vem. A nova União foi lançada durante a Assembléia Geral da IVU por um dos delegados de idioma espanhol, demonstrando a solidariedade entre as comunidades vegetarianas hispanófonas e lusófonas.

Os estonteantes desfiles de moda veg sem crueldade, realizados durante o Congresso, atraíram uma enorme platéia de fora do Congresso propriamente dito e parece que vão se tornar um evento anual por conta própria. Mas o maior resultado deste Congresso só pode ser o número maravilhoso de jovens brasileiros que participaram, uma grande inspiração para o futuro, e a Sociedade Vegetariana Brasileira (fundada no ano passado) planeja agora seu próprio Congresso Nacional em São Paulo ano que vem.

Teremos de esperar para ver se Florianópolis terá o mesmo efeito de Orono na América Latina, mas os sinais são muito promissores (ver os novos membros da IVU a seguir). É possível que, nos próximos anos, aqueles de nós que tiveram o privilégio de estar lá possam recordar a ocasião em que testemunhamos um daqueles momentos raros que
mudaram o curso da história vegetariana.

SÍTIO PÓS-CONGRESSO

Ainda que você não tenha podido estar lá pessoalmente, pode ter uma
vivência virtual do Congresso; vá a
http://www.ivu.org/congress/2004
e lá encontrará:

– texto e fotos das conferências;
– receitas e fotos das demonstrações culinárias;
– centenas de outras fotos de outros aspectos do Congresso, como os
estandes, o hotel, a dança, a comida, os participantes, a vida
selvagem, os passeios e os desfiles de moda totalmente sem
crueldade.

Haverá muito mais nas próximas semanas.

VOCÊ ESTEVE LÁ?

Se esteve, precisamos de mais coisas assim: textos de conferências, receitas, fotografias de tudo.

E se você compareceu a algum Congresso Vegetariano Mundial anterior da IVU, também precisamos de material sobre eles.

Se você tem exemplares antigos das revistas ou boletins da sua Sociedade sobre os Congressos da IVU, gostaríamos também de receber cópias, em qualquer idioma.

Tudo isso faz parte de nosso arquivo de todos os Congressos desde 1908. Os detalhes sobre os Congressos do início da década de 1990, antes da internet em massa, são pouquíssimos e muitos de vocês que estão lendo podem ter comparecido a alguns deles.

Assim, ajude-nos, enviando seus textos e fotos antigos para o Webmaster do IVU, John Davis – webmaster@ivu.org . Se não puder digitalizá-los, envie fotocópias; basta pedir o endereço postal.

Veja tudo o que temos em http://www.ivu.org/history

———————————————————

NOVOS MEMBROS, PATROCINADORES E PARCEIROS INTERNÉTICOS DA IVU

Unión de Vegetarianos del Uruguay – www.vegetarianosuy.org

Sociedad Vegetariana de México – alejandracarmona@hotmail.com

Homo Vegetus (Chile) – www.grumete.tk

Sociedad Naturista de Buenos Aires (Argentina) – claudioesteve@hotmail.com

Bangladesh Vegetarian Society – glister@bdcom.net

Vegetarian Moscow – www.unclepasha.com/vegetarian_russia.htm

Centro pelo Tratamento Ético dos Animais (Ucrânia) – www.cetalife.h10.ru

Followers of Kabir (IL, USA) – satya_naam@msn.com

Meseshe (Índia) – kaikhasingha@yahoo.co.in

———————————————————

CONTRIBUIÇÕES

As contribuições ao IVU Online News são sempre bem-vindas; na verdade, são essenciais para compartilharmos as informações. Envie quaisquer itens para publicação para webmaster@ivu.org

DISTRIBUIÇÃO

O IVU Online News é um serviço de informações gratuitas e sem copyright. Você pode distribuí-lo no todo ou em parte a todas as outras listas de discussão, sítios da internet, boletins locais etc. Por favor, mencione que é possível assiná-lo gratuitamente em http://www.ivu.org/news/online

Para sair desta lista, envie um e-mail para webmaster@ivu.org pedindo para ser removido de IVU Online News.

———————————————————
International Vegetarian Union – www.ivu.org

Please follow and like us: