Artigos de usuários do SitioVEG

Enquanto houverem abatedouros, ainda haverão guerras.

Ser vegetariano é algo que vai realmente além de uma opção alimentar. É, acima de tudo uma postura ética, na qual o indivíduo se compromete na luta pelos direitos dos animais, pelo fim do especismo e pela preservação da natureza. É abrir os olhos para a realidade e não encarar com naturalidade o abate de animais para qualquer uso humano, seja ele no vestuário, na ciência ou na alimentação.

Matar um ser vivo, seja qual for, não deve ser considerado algo banal. Alimentar-se com restos putrefatos de animais abatidos é algo enojante que jamais deveria ser aceito em uma sociedade de "seres racionais". Já que humanos julgam-se tão "superiores", como ainda não foram capazes de descobrir outra forma de testar seus medicamentos e produtos de beleza, sem utilizar-se da dor e do sofrimento animal? Coelhos não usam perfumes. Ratos não precisam de remédios para calvície.  Você já viu algum gato tomando medicamentos para dores de cabeça? É óbvio que não. E é um absurdo crer que o organismo de algum deles reage a um medicamento da mesma forma que o nosso organismo. Existe alguma beleza em ostentar a pele de um animal morto sobre o corpo?

O amor pela fauna deve ser estimulado desde a infância, e os pais deveriam ensinar aos seus filhos que o especismo é algo completamente errado, tal qual os demais tipos de preconceito, afinal, todos os seres vivos tem o mesmo valor e devem ser amados da mesma forma. Esse deveria ser o primeiro mandamento para criarmos um mundo melhor.

O texto acima foi publicado em meu blog no dia 20/10/07.
Endereço do blog: http://www.mylostmemories.weblogger.terra.com.br/index.htm

Francieli Hess

Please follow and like us: