Batatas trepadeiras

 

Trata-se de um lote de 15 hectares num morro. Debaixo de um sol escaldante, subimos o terreno. Ouço o coordenador do sindicato de Concórdia exclamar com espanto: ‘Diferente, né?’ De fato, a propriedade demonstra que a conversão de um caminho sem futuro para uma nova vida é possível.

Uma alternância saudável entre lavouras e mata permite que o agricultor não desmaie devido ao calor. Quando faz muito calor à tarde, é só ir trabalhar na mata. Aparentemente, uma mata na propriedade pode ser bem produtiva. Sim, ainda há alguns eucaliptos, mas as novas espécies plantadas predominam. Árvores que podem produzir madeira e espécies frutíferas nativas: araçá, butiá, pitanga, cereja, guabiroba, sete-capotes e guamirim.

A intenção é que a propriedade possa produzir (quase) tudo de que a família necessita. Por isso, eles cultivam mais de 50 espécies… e – conforme ficamos sabendo ao final da visita – o mesmo número de sementes, que são guardadas como pepitas de ouro. Na mata não encontramos somente árvores, mas também chuchus que se apóiam nelas. Um tipo diferente de ‘batata’ ‑ o ‘cará aéreo’ ‑ faz o mesmo. Existe a variedade trepadeira e, também, a subterrânea, que produz seus rizomas na terra. As ‘batatas’ da variedade trepadeira chegam a pesar 500 gramas e a produção pode chegar a 10 kg por planta.

Caminhamos por carreiros estreitos entre uma riqueza em plantas frutíferas. Até os barrancos e as estradas podem produzir, como pudemos constatar. Quando não são plantas medicinais, são raízes comestíveis ou abóboras. São cultivados ainda: ‘quino’, batata-doce, batatinhas, maxixe, mandioca, porongo doce, amendoim e muitas outras espécies. E o pinheiro? Bem, este está quase extinto em Santa Catarina. Gilso: “Vamos plantá-lo novamente. Nossos antepassados e, principalmente, os indígenas eram muito mais inteligentes. Um hectare de pinheiro pode produzir muito mais proteínas do que um hectare de soja.” Além disso, não é necessário derrubar a floresta para colher. Ao contrário, dá para deixar o chuchu e ‘batatas’ subirem pelas árvores. E você pode plantar mandioca.

Please follow and like us: