Atcham – túmulo de Anna Kinsgsford

“Não supondo que o fim estava tão próximo, A. (Algernon) retornou para seus deveres alguns dias antes do falecimento. Ela tinha, então, de sua própria vontade, renunciado a sua intenção de ser cremada, tendo como única razão a vontade de poupar A. (Algernon) do provável incômodo que sua insistência em ser cremada poderia lhe causar. Ele consentiu prontamente com sua vontade, e recebeu dela instruções a respeito do local no qual ela queria ser enterrada. Era um local no pátio da igreja em Atcham, nas margens do rio Severn, acima do alcance das enchentes, com uma vista para as janelas da casa paroquial, e onde ela gostava de passear, colhendo ervas para seus animais de estimação, ou admirando o por do sol brilhando sobre o rio. Foi devido a seu próprio extraordinário amor pelos detalhes das circunstâncias que o plano de ser cremada foi abandonado (…) e substituído por um funeral comum em Atcham, para evitar ofender os preconceitos da população simples da paróquia de seu esposo, os quais inevitavelmente dirigiriam sua desaprovação para A. (Algernon).” (pp. 358-359) [Anna Kingsford – Her Life, Letters, Diary and Work (Anna Kingsford – sua Vida, Cartas, Diário e Obra). John M. Watkins, Londres, 1913. 3ª Edição, editada por Samuel H. Hart. Vol. II, 466 pp.]
 
Atcham – local onde está enterrada Anna Kingsford – Abadia, rio Severn e cemitério

{mgmediabot2}type=youtube|youtubeid=ystRYqteYuM{/mgmediabot2}

Atcham – local onde está enterrada Anna Kingsford – Abadia e Rio Severn

{mgmediabot2}type=youtube|youtubeid=V5oR2LSusjw{/mgmediabot2}

 Atcham – a casa onde Anna Kingsford passou os últimos dias – o cemitério e a abadia

{mgmediabot2}type=youtube|youtubeid=QZC0CdaemwE{/mgmediabot2}

 

Please follow and like us: