ARGUMENTOS BIOLÓGICOS

ARGUMENTOS BIOLÓGICOS 

33  Humanos são o apogeu da evolucao;  isso nos dá o direito de usar os  animais como bem entendermos. 

Esse é um dos vários argumentos que tentam delinear conclusões éticas a partir  de observações cientificas. Nesse caso, a "ciência" empregada é questionável, e a conclusão ética é duvidosa. Vamos primeiro examinar o aspecto cientifico. 

O ponto de vista expresso na frase é de que a evolução tem criado uma escala  de aptidão, com os insetos e outras espécies "inferiores" na parte de baixo, e humanos (é claro!) no topo. Essa idéia se originou como parte de um sistema evolucionário chamado Lamarckismo, que hoje em dia está desacreditado. 

A teoria de seleção natural de Charles Darwin desbancou esse sistema. O  esquema de Darwin propõe, em vez de uma escala, um circulo radial de espécies, cada qual evoluindo para se adaptar melhor ao seu meio-ambiente, na linha de seu raio. A tendência do circulo é de aumentar seu raio com novas  espécies descendentes melhor adaptadas os seu nicho (representado pelo raio). 

Sob essa visão, a idéia de apogeu se torna questionável:  sim, os humanos se  adaptaram melhor ao seu nicho ecológico (muitos discordariam disso, mencionando que os métodos humanos atuais de uso dos recursos naturais levará ao esgotamento e destruição de seu habitat), mas as bactérias se  adaptaram bem ao seu nicho. Poderíamos realmente dizer que humanos estão melhor adaptados ao seu nicho do que as bactérias? Essa comparação faria  sentido em nichos tão diferentes? 

Provavelmente, o que a pessoa tinha em mente quando usou a palavra "apogeu"  é que os humanos dominam uma determinada habilidade, e que uma escala pode ser traçada avaliando essa habilidade. Por exemplo, na escala de capacidade mental, os humanos se situam muito acima da bactéria. Mas uma  escolha de habilidades diferentes pode levar a um resultado diferente. As bactérias se situam no "apogeu" quando alguém olha para a sua fecundidade reprodutiva. Aves se situam no "apogeu" quando alguém avalia a capacidade de 
voar. 

Agora, examinemos o aspecto ético, deixando de lado a idéia arbitraria de  apogeu evolutivo. Digamos que os humanos estejam no topo da escala de inteligência. Isso nos dá o direito de fazer o que bem entendermos com os animais, simplesmente alegando que eles são menos racionais que nos? Se  dissermos sim, abrimos uma "caixa de Pandora" cheia de problemas para nos mesmos, humanos. 

Isso significaria que humanos mais inteligentes poderiam explorar os humanos  mais inteligentes como bem entenderem? Deveríamos ser escravos dos Einsteins do mundo? Considerando uma habilidade diferente, pode o forte abusar do mais fraco? Somente uma pessoa imoral concordaria com esse principio. 
AECW 

Please follow and like us: