Andreia Castro

Olá!
 
Estou enviando meu depoimento pra vcs adicionarem no site. 
 
Sempre achei errado comer carne, mas tb sempre comi por considerar parte fundamental da alimentação. Assim, evitava pensar que a carne era um animal e simplesmente a comia naturalmente. 

Porém, quando minha gata ficou doente fiz uma promessa a São Francisco de Assis para que ele evitasse seu sofrimento, e em troca eu faria tudo o que estivesse ao meu alcanca para evitar o sofrimento de todos os animais. Desse dia em diante nunca mais comi carne. 

O que me impressionou foi a facilidade com que mudei esse hábito. Percebi que na verdade sempre quis ser vegetariana mas tinha "preguiça" de mudar os hábitos com os quais cresci. De imediato me senti muito mais leve espiritualmente, livre de uma culpa que sempre carreguei. Em uma semana eu já não sentia a mínima vontade de comer nenhum tipo de carne, e também comecei a emagrecer e sentir meu corpo mais leve e bem disposto. Foi maravilhoso! Logo depois eu já sentia nojo de bife ou qualquer tipo de carne, não sendo mais possível dissocia-la do animal como eu fazia anteriormente. 

Hoje me sinto muito bem assim. Só lamento a dificuldade de se encontrar restaurantes que sirvam soja ou outras comidas alternativas, colocando sempre a carne como prato principal. E lamento que tantas pessoas ainda acreditem que é difícil ou ruim viver sem a carne. Meus amigos costumam alegar que não é "pecado" matar pra comer, pois isso faz parte da cadeia alimentar natural dos animais. O que eles não entendem é que nós não somos leões! Temos o poder de pensar e escolher nossos caminhos, e de optar por não ter que matar para viver. Já saimos da cadeia alimentar há muito tempo, afinal nossos corpos não serão devorados por urubus, então não temos também o direito de agir como predadores selvagens. É uma questão de respeito pela vida! 
 
[]'s
Andréia
andreiacastro@brfree.com.br

Please follow and like us: