Ana Gama (Funcionária Pública, 53 anos)

          Desde novinha, vinte e poucos anos, dizia, por mim os bichinhos morreriam de velhice, não ligo para comer carne. Entretanto não parei de comer, morava com uma tia e ela como a maioria das pessoas na época, comia e muito, carnes de todos os bichos, ela é quem cozinhava nossa comida. Quando casei já com uns quarenta, é que é que decidi parar de comer toda e qualquer forma de carne, vermelha de frango e peixes, realmente não me faz falta. Claro que descobri que é preciso fazer dieta balanceada, fui a uma nutriconista e disse que não queria comer mais nada que viesse de bichos. Assim fiz, meu marido ainda come carne, mas come sempre fora, já fazia isso antes de que eu tomasse essa decisão, então não houve nenhum problema. Minha conciência está mais leve apesar de que eu sei que ainda uso algumas coisas sem saber que venham de bichos e adoro um docinho de leite, as vezes caio em tentação, mas me sinto melhor comigo mesma. E peço a Deus sempre que me livre de fazer mal aos meus amigos bichos.
          Ana Gama (Funcionária Pública, 53 anos) – 23/12/2006
Please follow and like us: