Almôndega de legumes 2

100 g de farinha de rosca
200 g de cenoura crua ralada (no ralo grosso)
200 g de chuchu cru ralado (no ralo grosso)
100 g de cebola 
10 g de salsinha picada 10 g de margarina
Pouco sal

Misture todos os ingredientes e faça as bolinhas.  Coloque em forma untada e leve ao forno. 

Enviada por Rossana Coelho - Recife

Fonte: lista veg-brasil@yahoogroupos.com.br


Example FAQ Item 1

Lorem ipsum dolor sit amet, consetetur sadipscing elitr, sed diam nonumy eirmod tempor invidunt ut labore et dolore magna aliquyam erat,
sed diam voluptua. Lorem ipsum dolor sit amet, consetetur sadipscing elitr, sed diam nonumy eirmod tempor invidunt ut labore et dolore magna aliquyam erat, sed diam
voluptua. At
vero eos et accusam et justo duo dolores et ea rebum. Stet clita kasd gubergren, no sea takimata sanctus est Lorem ipsum dolor sit amet.


Example FAQ Item 2

Lorem ipsum dolor sit amet, consetetur sadipscing elitr, sed diam nonumy eirmod tempor invidunt ut labore et dolore magna aliquyam erat,
sed diam voluptua. Lorem ipsum dolor sit amet, consetetur sadipscing elitr, sed diam nonumy eirmod tempor invidunt ut labore et dolore magna aliquyam erat, sed diam
voluptua. At
vero eos et accusam et justo duo dolores et ea rebum. Stet clita kasd gubergren, no sea takimata sanctus est Lorem ipsum dolor sit amet.


George Bernard Shaw

Quanto mais o homem simplifica a sua alimentação e se afasta do regime carnívoro, mais sábia é a sua mente.

Os animais são meus amigos... e eu não como meus amigos.

 Bernard Shaw

Batatas ao forno

Ingredientes

5 copos de batatas cortadas em rodelas, cozidas no vapor e com casca
2 cebolas médias picadinhas
3/4 de copo de castanha do Pará
2 copos de água
Sal
Tempero a gosto

Modo de fazer

Colocar em um pirex untado, camadas de batatas, cebolas, sal até terminar. Bater
no liquidificador a água, as castanhas e os temperos. Despejar o que foi batido
no liquidificador sobre o pirex e levar ao forno até formar uma crosta. Está
pronto e bom apetite.

 


Por que comer carne 3

Porque sobra mais carne prá gente normal e sensata, que não vai abrir mão de um dos mais gostosos e nutritivos alimentos existentes porque alguns afetados imaginam que só animal é ser vivo, e vegetais podem ser comidos. Deveriam abrir um espaço para contestações, ou a verdade de vocês é absoluta? Nesta lista dos motivos tem absurdos hilários, como os que dizem que os animais não matam para comer e portanto são melhores que nós... Queria por o autor frente a frente com um leão ou até com um cão com fome! 
Anônimo

 


Por que comer carne 1

Eu sou médico (de gente), por isso não resisti a meter a colher neste assunto, prometo que só será esta vez. Come-se carne porque o gosto é bom e porque é preciso. O Ser Humano é onívoro, não pode prescindir dos nutrientes que somente as carnes dão, notadamente as proteínas e o ferro. O ferro de origem vegetal é de muito baixa absorção, praticamente perde-se todo. Os legumes, frutas, sementes, hortaliças etc não conseguem substituir completamente as carnes, por mais que os vegetarianos insistam nisso. É por isso que os vegetarianos radicais precisam andar tomando complementos de ferro e vitaminas, seja em forma injetável, seja em forma de comprimidos, o que eu considero uma tolice.

Para conseguir uma nutrição completa comendo apenas vegetais, teríamos que passar o dia inteiro comendo, como fazem os animais ruminantes, e ainda teríamos que produzir uma enzima chamada celulase em nosso tubo digestivo, que os seres humanos já não produzem há muito tempo.

O Homem, enquanto espécie, somente conseguiu dominar a Terra por causa de dois fatores principais: o polegar em oposição aos demais dedos da mão, o que permitiu o desenvolvimento da mão como a maravilha de ferramenta que é; e a alimentação carnívora, porque permitiu que o homem tivesse tempo livre para despender em outras atividades que não a alimentação.

Por isso, não deixem de comer carne. Vamos combater a crueldade contra os animais sim, lutar para que os animais tenham uma morte o mais possível indolor nos laboratórios e matadouros, mas deixar de comer carne é um retrocesso.
Prometo desde já que não voltarei a este assunto, apenas quis deixar a minha opinião profissional a respeito. Sou médico infectologista, e desde já estou à inteira disposição de todos os que queiram qualquer esclarecimento pelo meu endereço particular.

Muito obrigado pela atenção.
Fernando Luiz de Andrade Maia
Maceió, Alagoas, Brasil
UIN (ICQ) 28600346
ComVc 158042

Respostas para esta opinião: 

- O RACIOCINIO DO MEDICO TEM ALGUNS PROBLEMAS GRAVES.  RESPEITANDO A EDUCACAO DELE, MAS AINDA ASSIM, SENDO COERENTE E RACIONAL, VOU APRESENTAR ALGUMAS DAS CONTRADICOES PELO MEDICO FERNANDO EXPOSTAS. COM UMA VASTA EXPERIENCIA NA AREA DE SAUDE E NUTRICAO, MESTRADO PELA UCLA (UNIVERSITY OF CALIFORNIA, LOS ANGELES) NA AREA DE EPIDEMIOLOGIA E SAUDE PUBLICA, POSSO AFIRMAR COM CONVICCAO E COM BASE CIENTIFICA (GRANDES ESTUDOS TEEM PROVADO DIA APOS DIA OS MALEFICIOS DE UMA DIETA QUE INCLUA CARNE).  SEGUEM-SE ABAIXO TRECHOS DO DR. FERNANDO E COMENTARIOS OS CONTRADIZENDO. 

Come-se carne porque o gosto é bom e porque é preciso. 
- O GOSTO PODE SER BOM PARA QUEM ESTA ACOSTUMADO, MAS NAO EH PRECISO. O SABOR DE CHOCOLATE TAMBEM EH MARAVILHOSO, MAS POR FAVOR DR. FERNANDO, NAO ME VENHA TAMBEM DIZER QUE CHOCOLATE FAZ BEM A SAUDE.
O Ser Humano é onívoro, não pode prescindir dos nutrientes que somente as carnes dão, notadamente as proteínas e o ferro. 
-  COMO MEDICO, VOCE DEVERIA SABER UM POUCO MAIS SOBRE NUTRICAO, TOPICO ESSE, DE EXTREMA IMPORTANCIA PARA QUEM TRABALHA NA AREA DE SAUDE. OS FATOS SAO: NOSSO CORPO NECESSITA 50 GRAMAS DE PROTEINA POR DIA. MESMO QUE VOCE TENTE NAO DIGERIR TAL NUMERO DE PROTEINAS DIARIAMENTE, O SIMPLES FATO DE UM BRASILEIRO COMER FEIJAO COM ARROZ PRATICAMENTE JA FORNECE QUASE TODAS AS 50 GRAMAS DE PROTEINAS DIARIAS NECESSARIAS. MAIS DETALHADAMENTE: 
-UM COPO DE ARROZ INTEGRAL (ANTES DE COZIDO) TEM 12 GRAMAS DE PROTEINA
-480 GRAMAS DE FEIJAO TEEM 38 GRAMAS DE PROTEINA.
COMPLETANDO ASSIM UM TOTAL DE 50 GRAMAS. OU SEJA, MESMO QUE VOCE SE RESTRINJA AO BASICO ARROZ E FEIJAO, VOCE ESTARA COMPLETAMENTE NUTRIDO NO QUE DIZ RESPEITO A PROTEINAS. 

O ferro de origem vegetal é de muito baixa absorção, praticamente perde-se todo. Os legumes, frutas, sementes, hortaliças etc não conseguem substituir completamente as carnes, por mais que os vegetarianos insistam nisso. 
-  NAO SE TRATA DE INSISTENCIA E SIM DE FATOS.  COM VITAMINA C SUFICIENTE, O CORPO DO SER HUMANO PODE MUITO BEM ABSORVER FERRO SUFICIENTE DE UMA DIETA A BASE DE LEGUMES. COMO RESPONSAVEL PELO SETOR DE EPIDEMIOLOGIA E SAUDE PUBLICA DA GRANDE LOS ANGELES, CALIFORNIA- EUA (DEPARTMENT OF HEALTH SERVICES, PUBLIC HEALTH, METROPOLITAN SERVICE PLANNING AREA) TENHO ACESSO A LITERATURA E ATE MESMO A RESULTADOS CIENTIFICOS QUE PROVAM, A CADA DIA MAIS OS BENEFICIOS TRAZIDO POR UMA DIETA VEGETARIANA. 
  SEMPRE QUE POSSIVEL DOO SANGUE, PORTANTO TESTES SANGUINEOS SAO NECESSARIOS E GRACAS A DEUS OS RESULTADOS OBTIDOS MOSTRAM QUE MEU SANGUE (SOU VEGETARIANO POR TODA MINHA VIDA) SEMPRE TEM UM NIVEL NORMAL DE HEMOGLOBINA. MESMO SENDO UM ASSIDUO DOADOR DE SANGUE E VEGETARIANO, TESTES CIENTIFICOS PROVAM QUE TENHO FERRO SUFICIENTE NO MEU ORGANISMO. ENTAO, SE O MEDICO FERNANDO REALMENTE ESTIVER CORRETO QUANDO ELE DISSE, "Os legumes, frutas, sementes, hortaliças etc não conseguem substituir completamente as carnes", DE ONDE EU E MILHOES DE VEGETARIANOS ESTAO CONSEGUINDO TANTO FERRO?  EH UM MILAGRE? NAO SERIA HORA DO DR. FERNANDO REEXAMINAR DE ONDE VEM AS CRENCAS DELE? 

É por isso que os vegetarianos radicais precisam andar tomando complementos de ferro e vitaminas, seja em forma injetável, seja em forma de comprimidos, o que eu considero uma tolice. 

-  ABSURDO.  VEJA A RESPOSTA ACIMA.

Para conseguir uma nutrição completa comendo apenas vegetais, teríamos que passar o dia 
inteiro comendo, como fazem os animais ruminantes, e ainda teríamos que produzir uma enzima chamada celulase em nosso tubo digestivo, que os seres humanos já não 
produzem há muito tempo. 

-  MAIS ABSURDO AINDA.  CELULASE EH USADA PELAS BACTERIAS PARA QUEBRAR MOLECULAS DE CELULOSE PARA PRODUZIR CARBOIDRATOS. OU SEJA, AGORA DR. FERNANDO ESTA DIZENDO QUE OS VEGETARIANOS NAO COMEM CARBOIDRATOS SUFICIENTES? BOM, CARNE NAO FORNECE CARBOIDRATOS, ENTAO SE O RACIOCINO DO DR. FERNANDO ESTIVER CERTO, TODOS OS SERES HUMANOS JA TERIAM MORRIDO DE FOME.  ESSE ASSUNTO DE CELULASE NAO TEM NADA A VER COM VEGETARIANISMO. 
TAMBEM, COMO DR. FERNANDO EXPLICA O FATO QUE EU COMO 3 VEZES POR DIA E NAO O DIA INTEIRO?  CIENTIFICAMENTE,  POSSO MOSTRAR QUE 2.000 CALORIAS DE ARROZ, FEIJAO, LEGUMES, FRUTAS,AZEITE, NOZES OU SEJA LA O QUE FOR, FORNECEM MAIS DO QUE AS NECESSIDADES DE PROTEINA, CARBOIDRATOS E LIPIDIOS.

O Homem, enquanto espécie, somente conseguiu dominar a Terra por causa de dois fatores principais: o polegar em oposição aos demais dedos da mão, o que permitiu o desenvolvimento da mão como a maravilha de ferramenta que é; e a alimentação carnívora, 
- SEM COMENTARIOS. VAMOS SUPOR POR UM SEGUNDO QUE ISSO SEJA FATO. O QUE ISSO TEM A VER COM O ASSUNTO SE EH MAIS SAUDAVEL OU NAO COMER CARNE? O DR. FERNANDO ESTA COM MEDO QUE O SER HUMANO VAI PERDER O LUGAR NESTE MUNDO SE PARAR DE COMER ANIMAIS? INTERESSANTE ESSA HIPOTESE ABSURDA, MAS INFELIZMENTE NAO MERECE ESTAR NESSA DISCUSSAO.

Por isso, não deixem de comer carne. Vamos combater a crueldade contra os  animais sim, lutar para que os animais tenham uma morte o mais possível indolor nos  laboratórios e matadouros, mas deixar de comer carne é um retrocesso. 
-  OTIMO, COMO VOCE TEM BOM CORACAO.  AFINAL QUER QUE O ANIMAL MORRA, MAS SEM "TANTA" DOR.  SO ESSE PARAGRAFO ISOLADO SERIA SUFICIENTE PARA MOSTRAR OS ABSURDOS QUE A NECESSIDADE DE JUSTIFICAR UM ERRO (O ATO DE COMER ANIMAIS)FAZEM. 

CASO QUEIRA ENTRAR EM CONTATO COMIGO, 

CHRISTOPHER SCOTT CORNIOLA, MPH, MA

EPIDEMIOLOGY TEAM LEADER, METROPOLITAN SERVICE PLANNING AREA, LOS ANGELES COUNTY DEPARTMENT OF HEALTH SERVICES.
EMAIL:  ccorniola@dhs.co.la.ca.us  ou christopherscott777@hotmail.com

OBS. pode me escrever em portugues mesmo.
 

- Olá Dr.Fernando !

Em primeiro lugar quero dizer que respeito muito a sua opinião, embora não concorde com ela. Respeito pela sua formação, pelo seu sistema de crenças, pelos padadigmas e idéias pré-concebidas que formaram o parecer.

Realmente é uma discussão desafiante a alimentação, pois nunca vi uma discussão isenta de emoções. Os vegetarianos defendem e possuem argumentos fortíssimos que justificam sua posição, assim como os carnívoros. É interessante quando dizemos isso, pois parece que pertencemos a espécies animais diferentes, não é verdade ?

Muitas das coisas que acreditávamos no passado, hoje estão caindo por terra, assim como muitas das coisas que deixamos no passado, voltam como uma grande descoberta. Podemos dizer que existe um Grande Mistério que permeia a nossa existência. E que na verdade é dificil saber qual é a Verdade Divina, pois o que vemos é uma verdade baseada nas nossas experiências, nossa educação, crenças de nossa família.

Quero, entretanto, refutar o seu argumento com base na minha experiência pessoal. Fui carnívoro a maior parte de minha vida. Comia todos os tipos de carne que apareciam a minha frente, desde as triviais e conhecidas, até de lagarto, tartaruga, veado, enfim.

Há doze anos tomado por uma necessidade de saúde, mudei a minha alimentação e me tornei na verdade acreófago ( alimentação variada sem uso de carnes, aves, peixes ou qualquer animal ) e mudei também o meu ser, e a minha vida.

Minha avó, a matriarca da família faleceu no final do ano passado faltando um mês para completar 100 anos de idade, nunca comeu carne, e também não ficava tomando nenhum tipo de vitaminas, pois ela usava as vitaminas naturais que a natureza dá.

Eu também nesses doze anos não fico tomando nenhum tipo de vitamina, a não ser de vez em quando uma boa cerveja e uns bons copos de vinho. Meu filho de 7 anos nunca comeu nenhum tipo de carne. 

Graças a Deus minha saúde é muito boa, talvez o grande problema no vegetarianismo, seja social, pois são poucos que compreendem como uma pessoa pode ter prazer a mesa sem comer carnes. Isso é que é radicalismo na minha modesta opinião de terapeuta.

Outro grande problema do vegetarianismo é não dar tantos lucros aos médicos, porque ficam muito menos doentes. Isso eu pude comprovar em mim mesmo.

Eu compreendi nesses anos todos que a alimentação isenta de carnes é tão sutil, mas tão sutíl, que não pode ser explicada com palavras ou com conceitos. A pessoa percebe em sí mesmo, na sua energia, na sua maneira de encarar a vida e seus semelhantes, no amor pela natureza. E para perceber essa alimentação sutíl, as pessoas tem que estar num grau de sutileza que não se aprende em livros, nem em universidades, é o Universo que ensina, com a capacidade de amar e aprender a viver e sobreviver, sem precisar matar os animais.

Uma grande solução para um planeta em fome, seria transformar os pastos em campos de agricultura. O que se gasta para alimentar o gado, daria para alimentar toda a popullação com fome noi nosso planeta. Não precisaríamos destruir florestas para transformar em pastos, preservando mais o nosso meio-ambiente.

Para se produzir 450 grs. de carne de vaca, são necessários 3Kg de sementes. Estes, por sua vez requerem 3.000 litros de água. No mundo inteiro é cada vez maior a quantidade de água usada em porcos e galinhas, em vez de serem empregadas na irrigação das plantações destinadas ao consumo direto. Onde existe pouca agua e aumento de população, se fará necessário o controle do defict, destinando a agua para produção de alimentos ao invés de usá-las para animais.

Nos EUA o volume de fezes animais é 130 vezes supeior ao de excrementos humanos. Ass fezes de vaca tem provocado mortes de peixes e surgimento de doenças. Sabe-se que uma uma fazenda em Utah, produz mais dejetos do que a cidade de Los Angeles.

Da Indonésia à Amazônia as florestas estão sendo queimadas para servirem de areas de pasto. Na China, a ampliação do consumo de carne, resultou em uma maior incidência de casos de obesidade, doenças cardíacas, câncer de mama e de cólon

Desnecessário ainda, comentar muito a respeito dos anabolizantes que tem sidpo largamente utilizados pelos criadores, trazendo sérias consequências para nossa saúde. O sr. não concorda ?

Ministro aulas de comunicação para uma grande empresa, ligada a agricultura e a pecuária, e fui informado pelos proprios vendedores de produtos, que os frangos estão sendo abatidos com 45 dias, enormes, devido a aplicação de anabolizantes. Só esse dado já seria um alerta para que se tomasse uma reflexão séria a respeito do consumo de carnes. O sr. deveria olhar esse movimento mais amplamente, não só sob o ponto de vista acadêmico. Veja como é natural levarmos os nossos filhos em matadouros, para que ele veja e saiba, como o alimentos chegam para ele, não é verdade dr. ? Tenho certeza absoluta que esse não seria um bom programa para qualquer criança.

Agora acho que todos eles gostariam de ir a um pomar, colher frutas, ou numa horta . Por que ? Porque comer carne não é tão natural assim ! Para nós, macacos e outros animais.

As feras se deliciam quando vêem um corpo esquartejado saindo sangue, e os levam para os seus filhotes, é um grande prazer. Nós sentimos enjôo, ficamos chocados. Faça essa experiência com uma criança ! 

Não considero o sr. uma pessoa inadequada ao nosso meio. O sr. é um ser humano, da mesma espécie. Assim como deu seu parecer, espero que possa ouvir outros. E sei também que como médico sua busca é de trazer o melhor para o ser humano, para sua saúde, para sua qualidade de vida. Participe do grupo, isso vai fazer o grupo crescer mais ainda, e quem sabe, um dia o sr. possa perceber, muito mais do que saber, sentir muito mais do que compeender, dando uma oportunidade ao sr. mesmo, pesquisando em seu próprio ser, em seu próprio laboratório e centro de pesquisa interior, ficando um tempo, abstendo-se por um tempo da carne, e aí sim poder tirar conclusões que não se aprende na escola.

Amor - Paz e Luz !

Léo Artése (da lista veg-brasil)

Mensagens para Léo Artese:

Por que comer carne ??? Acho que quem faz essa pergunta NUNCA leu a respeito de nutrição ! Como discutir os dados do Dr. Fernando Luiz, médico atencioso e educado, dizendo que suas idéias são pré-concebidas E QUE O VEGETARIANISMO DÁ MENOS LUCROS AOS MÉDICOS ??? Isso tudo mostra grande preconceito de SUA parte, além de enorme falta de educação. Se o senhor não fica doente, sorte a sua. Já comeste proteínas o suficiente quando teu sistema imunologica estava se formando. Mas duvido que o seu filho, crescendo sem fontes proteícas adequadas, siga o seu caminho. Alias, ele pode agradecer a você por isso. Pense um pouco, se é que seu cérebro ainda funciona atolado nessas ideiazinhas suportadas por um grande mar de sandálias de couro e defumado por incensos. Ah, falando nisso, eu não como carne também. Sou "vegetariana". Surpreso ?? Pois nem todos os que não apreciam o sabor da carne são radicais e pregam ridículas idéias precoceituosas.
Anônima

olá Léo entrei nesse site e não esperava ver tamanho o absurdo ,se julgam melhores pelo simples fato de sua alimentação ser diferente pois bem tenho motivos para dizer que tudo isso é uma piada!A alimentação da pessoa afeta sim na sua saúde mas vc deveria saber que isso é muito relativo ha 4 meses atrás eu era vegetariana claro isso antes de me dar hemorragia, queda de pressão,aumento do cisto , sistema imunologico fragil a e um detalhe estou na limiar de um coma  tudo isso por que? tudo por que perdi infinitas barreiras de proteinas devido ser vegetariana , claro defendo esse tipo de alimentação mas acho ridiculo o seu papel,como pode ser tão egocentrico ao ponto de insinuar que matam animais por prazer ,comem a carne pelo simples fato de ter prazer mas e ai e vc ?? o vegetal tambem tem vida se vc seguir sua ideologia vc não come mais nada ,respeite as decisões das pessoas e pare de ser mesquinha e hipocrita

 


Mitos e verdades sobre a alimentação vegetariana - Revista Época

POR CRISTIANE SENNA
Edição 421 - 09/06/2006
Fotos: Divulgação
REFEIÇÃO O vegetariano tem todo o reino vegetal para utilizar como alimento

A alimentação vegetariana gera muitas dúvidas em relação à saúde. Uns dizem ser prejudicial devido à falta de proteína e ferro, outros acreditam que o estilo de vida é mais saudável e evita algumas doenças. Pensando nisso, ÉPOCA Online conversou com Eric Slywitch, médico coordenador do departamento científico da Sociedade Vegetariana Brasileira, e George Guimarães, nutricionista especializado em vegetarianismo. Confira os principais mitos e verdades.

O que um vegetariano come?
O vegetariano come tudo o que qualquer pessoa come, exceto as carnes. No entanto, há formas diferentes de adotar a dieta vegetariana, utilizando-se ou não os derivados animais, como ovos, queijos e leite. Assim, além da possibilidade de utilizar os derivados animais citados acima, um vegetariano tem todo o reino vegetal para utilizar como alimento: cereais, leguminosas, oleaginosas, vegetais amiláceos, legumes, verduras e frutas.

A dieta vegetariana pode trazer algum risco à saúde?
Quando bem planejada, a dieta vegetariana é viável em qualquer fase da vida. Já dietas onívoras estão mais sujeitas às doenças do excesso alimentar. Já a dieta vegana exige um cuidado maior com relação ao cálcio e vitamina B12. A partir do terceiro ano de veganismo, é necessário uma suplementação de vitamina B12, pois não existe a ingestão da vitamina.

Mulheres vegetarianas têm uma gestação normal?
Os estudos que acompanharam mulheres vegetarianas com uma dieta variada e equilibrada demonstram que o desenvolvimento do feto é normal e totalmente adequado. É importante, por prevenção, a suplementação a vitamina B12 e Ômega 3, já que auxiliam na formação do sistema nervoso do feto.

Crianças precisam de carne para se desenvolver normalmente?
Não há nenhum componente presente na carne que não seja encontrado nos outros alimentos utilizados pelos vegetarianos, portanto, não. Os estudos que encontraram crescimento inadequado foram realizados com crianças submetidas a dietas extremamente restritas, como nas macrobióticas. A dieta vegetariana (inclusive sem ovos, queijo e leite), bem planejada, promove crescimento e desenvolvimento normais.

Vegetarianos podem praticar esportes regularmente?
Claro! Uma alimentação que fornece todos os nutrientes essenciais, como é a vegetariana, não traz nenhuma limitação à prática de atividades físicas, muito pelo contrário. Alguns atletas famosos e medalhistas olímpicos, como Carl Lewis e o pugilista brasileiro Éder Jofre, são vegetarianos.

A dieta vegetariana previne o câncer?
O estilo de vida vegetariano está associado às principais medidas que reduzem o surgimento do câncer, como menor consumo de álcool, menor incidência de tabagismo, maior prática de atividades físicas, menor prevalência de obesidade, maior consumo de frutas e vegetais, cereais integrais, assim como maior consumo de vitaminas antioxidantes, como vitamina C, E, carotenóides e alimentos funcionais. Devido a isso, nenhum estudo científico comparando onívoros com vegetarianos encontrou maior incidência de câncer em populações vegetarianas. Ao mesmo tempo, diversos estudos demonstram menor incidência de diversos tipos de câncer em populações vegetarianas, principalmente de cólon e próstata.

O vegetariano tem menos chances de sofrer doenças cardiovasculares?
Sim! Não há mais dúvidas com relação a isso. Os resultados dos estudos são unânimes nessa constatação. Devido a isso, a American Heart Association recomenda a dieta vegetariana.

É necessário fazer suplementação de vitaminas, minerais, ao se tornar vegetariano ?
O único nutriente que necessita ser suplementado na dieta vegetariana é a vitamina B12, mas apenas quando o indivíduo não utiliza ovos, leite e derivados. Todos os demais nutrientes, inclusive as proteínas e o ferro, são obtidos com facilidade na dieta vegetariana.

ESPORTES O grande pugilista brasileiro Éder Jofre é vegetariano

Vegetarianos não obtêm proteínas suficientes?
Não há motivo algum para se preocupar com as proteínas na dieta vegetariana. A preocupação teórica criada pela nutrição científica antiga não se sustentou ao observar as populações vegetarianas. Todos os estudos demonstram que os vegetarianos ultrapassam tranqüilamente as necessidades protéicas, mesmo quando todos os derivados animais são retirados do cardápio. Para atingir as necessidades protéicas, basta atingir as necessidades calóricas diárias, com ênfase numa dieta baseada em grãos. A dieta brasileira é excelente nesse sentido. A combinação de arroz com feijão fornece uma composição de aminoácidos, que são os formadores das proteínas, considerada excelente.

Vegetarianos têm problemas com a falta de ferro?
Não. O que ocorre é que o ferro de origem vegetal é mais sensível aos fatores que estimulam e inibem a sua absorção. Os vegetarianos têm a mesma prevalência de anemia por falta de ferro do que os não vegetarianos. A dieta vegetariana, ao contrário do que muitos pensam, não é pobre em ferro e, aliás, costuma ser mais rica nesse mineral do que a onívora. Por outro lado, a ingestão de vitamina C, que promove a absorção do ferro vegetal, costuma ser duas vezes maior do que a de onívoros. Deve-se evitar a utilização de quaisquer tipos de chá, mas principalmente o chá preto, junto com as refeições, pois ele inibe a absorção de ferro. Os grãos de cereais integrais, assim como os feijões, devem ser deixados de molho na água por pelo menos 12 horas, para que o seu teor de ácido fítico seja reduzido. Esse ácido reduz a absorção do ferro ingerido.

Mito culinário do vegetarianismo
É interessante esclarecer que a dieta vegetariana, apesar de limitar a ingestão de determinados alimentos e parecer restritiva, faz com que as pessoas consumam uma variedade maior de alimentos. Em uma dieta onívora, o prato principal é sempre um tipo de carne, seja ela assada, grelhada ou cozinha. Quando uma pessoa se torna vegetariana, o acompanhamento de uma dieta onívora vira o prato principal, como uma lasanha de carne de soja, um ensopado de glúten ou um prato com grão-de-bico. A partir do contato com diversas cozinhas, como a indiana e a mediterrânea, pode-se dizer que a vegetariana é mais saborosa, mais variada e o mais importante: é mais saudável e ética.

 


Batatas ao forno

Ingredientes

5 copos de batatas cortadas em rodelas, cozidas no vapor e com casca
2 cebolas médias picadinhas
3/4 de copo de castanha do Pará
2 copos de água
Sal
Tempero a gosto

Modo de fazer

Colocar em um pirex untado, camadas de batatas, cebolas, sal até terminar. Bater
no liquidificador a água, as castanhas e os temperos. Despejar o que foi batido
no liquidificador sobre o pirex e levar ao forno até formar uma crosta. Está
pronto e bom apetite.

 


Dieta rica em carne pode estressar bebê, diz estudo

Dietas ricas em proteína e com pouco carboidrato devem ser evitadas durante a

Bebê
A dieta da mãe pode afetar a saúde do filho na vida adulta

gravidez porque podem deixar o bebê estressado, de acordo com uma pesquisa realizada na Grã-Bretanha.

Cientistas acompanharam um grupo de 86 crianças nascidas em 1967-8 de mães que receberam instruções para comer quase 500 gramas de carne por dia para evitar complicações na gravidez.

O estudo realizado pelas Universidades de Edimburgo e de Southampton descobriu que quanto mais carne a mãe comia, mais alto o nível do hormônio cortisol, ligado ao estresse, encontrado na criança.

Os resultados estão sendo apresentados em uma conferência em Glasgow, na Escócia.

Os filhos, hoje na faixa dos 30 anos, tiveram de realizar uma série de tarefas consideradas estressantes, como falar em público ou fazer cálculos aritméticos.

A pressão e o nível de cortisol foram registrados antes e depois da tarefa.

Rebecca Reynolds, que liderou o estudo, disse que o objetivo era descobrir como eventos ocorridos durante a gravidez podem afetar o filho em sua vida adulta.

As mulheres incluídas no estudo haviam recebido a orientação de comer bastante carne e pouco carboidrato para conter um problema associado à pressão alta durante a gravidez, segundo Reynolds.

'Pouco saudável'

"Este estudo traz mais evidências de que a dieta da mulher durante a gravidez é muito importante e sugere que o efeito a longo prazo ocorre porque os níveis dos hormônios ligados ao estresse são alterados permanentemente", afirmou Reynolds.

"Nós não sabemos porque isso ocorre - pode ser que o bebê é colocado sob estresse durante a gravidez e isso causa altos níveis de cortisol que são também irreversíveis", disse.

"Isso indica que dietas populares como a Atkins, rica em proteínas, devem ser evitadas durante a gravidez", concluiu.

Doris Campbell, da Universidade de Aberdeen, disse que provavelmente não é uma boa idéia seguir dietas radicais durante a gravidez.

"Essas dietas ricas em proteínas e pobres em carboidrato não são muito saudáveis de qualquer forma, muito menos na gravidez", afirmou.