PeR

E se a gente parasse de comer carne?

Comentário sobre  E se a gente parasse de comer carne? (artigo da Superinteressante reproduzido abaixo) na edição de maio de 2011 http://super.abril.com.br/alimentacao/se-gente-parasse-comer-carne-626159.shtml Pensar como vai ser a vida num planeta Terra Vegetariano é um exercício de futurologia e concentração muito bom. Mas, a meu ver,  a revista cometeu  várias falhas. Vou comentar aqui alguns trechos do artigo. não teriam mais função nas fazendas Nessa realidade (dificil de prever, sobre tudo com um pensamento antropocentrista) os animais poderiam viver livres em reservas e parques naturais. Talvez seu excremento pudesse ser utilizado para nutrir o solo de fazendas orgânicas. Agora, o mais importante aqui é

Platão admirava a caça?

A idéia de que Platão fosse vegetariano provavelmente deriva de uma passagem de 'A República' onde ele descreve um diálogo que teria acontecido entre Sócrates e Glauco. Eles estariam especulando sobre o que seria o mínimo que uma cidade deveria ter para ser auto-suficiente, supondo que cada cidadão poderia exercer um único ofício. Desta forma estabeleceu-se que a cidade deveria possuir 3 ou 4 agricultores (um de trigo, um de cevada, um de oliveiras, etc), um artesão, um ferreiro, etc, etc. A certa altura Glauco diz que talvez também fosse necessário um criador de animais "vai que alguém quer comer

Não basta sermos ovo-lacto-vegetarianos?

Oi Érica: Ovo-lacto-vegetarianismo já é um ótimo começo, mas seria coerente ser perseverante, ou seja, assumindo-se que somos vegetarianos devemos rejeitar todo o alimentos que já tenham sido corpinhos de animais, seja o corpão de uma vaca, até o pequeno organismo de um camarão ou um escargot. Fui ovo-lacto-vegetariano radical (pra variar a bendita palavra) por mais de 16 anos, sem nem ter idéia de que o veganismo era viável (eu acreditava no mito das proteínas, do ferro, do cálcio, e nos "doutores" da vida). Apenas em 1997 é que fui conhecer a verdade sobre o leite e os ovos

O problema do leite e dos bezerros

Resumo do livro Animal Liberation de Peter Singer   Normalmente se pensa que não se precisa machucar a vaca para retirar seu leite. A verdade é que não é lucrativo manter as vacas vivas uma vez que sua produção de leite diminui. Assim, o consumo humano de laticínios leva diretamente ao massacre de vacas. Muitas das fábricas de laticínios confinam suas vacas em galpões pela maior parte de suas vidas. Só nos EUA, em 1960, uma vaca produzia em média 3,5 toneladas de leite por ano. Em 1990 elas produzem 7,4 toneladas e agora 8,2 toneladas graças ao uso do Hormônio