Quantos são

Desejo por comida saudável alimenta negócios

Segundo o Ibope, 10% dos brasileiros já são vegetarianos; crescem as oportunidades de empreender no setor 18 de abril de 2011 | 14h 57 André Zara, Especial para O Estado SÃO PAULO – Após passar anos no exterior e comandar um restaurante natural de sucesso em São Paulo, a chef Leila D, 44 anos, decidiu inovar. Vegetariana e adepta da alimentação orgânica, criou em 2009 um serviço de entrega de pratos congelados saudáveis e baseados na sua filosofia alimentar. O cliente confere o cardápio pelo blog Galleria Orgânica e liga para encomendar a comida, que é entregue por um motoboy.

Pesquisa do Ibope revela que 9% são vegetarianos

Na seção: Notícias,IBOPE MídiaÁrea: NotíciasPress Releases
Data de publicação: 03/03/2011

IBOPE Mídia revela hábitos de saúde e de consumo da mulher brasileira

Segundo dados da ferramenta Target Group Index, 80% do público feminino está preocupado com a forma física e 69% fizeram compras nos últimos dias. O índice de mulheres que compra pela internet está aumentando

Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, o IBOPE Mídia mostra os hábitos e comportamentos das brasileiras em relação a compras e saúde.

O levantamento é baseado nas informações da ferramenta Target Group Index e mostra que 80% das mulheres do país acreditam que é importante manter a forma física e que 79% pagariam qualquer preço para manter a saúde.

Apesar disso, 65% admitem que, de vez em quando, quebram a dieta pelo prazer de comer alimentos que não fazem bem à saúde.

Um dado preocupante é que apenas 49% admitem usar preservativos em novos relacionamentos.

Além disso, 59% das brasileiras dizem que vão ao médico apenas quando se sentem realmente doentes.

Esse número, entretanto, ainda é menor do que entre os homens (64%) e a média da população (62%).

Consumo

Em relação aos hábitos de consumo, 69% das brasileiras fizeram compras nos últimos 30 dias.

Pelo menos 84% delas preferiram lojas de rua aos shoppings (60%).

Entre as mulheres que foram às compras nos últimos 30 dias, 79% compraram roupas femininas, 61% calçados, 44% roupas para homens e 40% roupas para crianças e bebês. O gasto médio das compras foi de R$ 190,83.

Cerca de 18% das mulheres fizeram compras pela internet. 

Foi um aumento expressivo se comparado ao resultado da pesquisa feita em 2009, quando apenas 14% delas afirmaram ter feito compras pela internet.

Esse índice, entre os homens, que tradicionalmente fazem mais compras eletrônicas, foi de 24%.

Ao explicar seus hábitos de consumo, as mulheres destacam que sempre procuram ofertas e descontos (82%), que vale a pena pagar mais por produtos de higiene pessoal de boa qualidade (80%), que são fieis à marca quando gostam do produto (70%), que planejam a compra de produtos caros (68%) e que costumam experimentar novas marcas (50%).

O estudo foi realizado nas regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Fortaleza, Brasília e nos interiores de São Paulo e das regiões Sul e Sudeste com pessoas de ambos os sexos das classes AB, C e DE com idades entre 12 e 64 anos.

Para este levantamento específico, foram consideradas as respostas de mulheres e homens com 18 anos ou mais, obtidas entre agosto de 2009 e julho de 2010.

Hábitos e atitudes do brasileiro


Fonte: Target Group Index  – Ano 11 onda 21 + onda 2
18.884 entrevistas – Ago09-Jul10

"A mulher contemporânea pesquisa os melhores preços, quer estar em dia com moda e estilo, cuida da saúde e estética, além de fazer o que for preciso para proteger sua família".

"Estamos diante de uma "super-mulher", que preza pela praticidade e que concede espaço em seu dia-a-dia para produtos que venham de encontro com suas necessidades, que são muitas", afirma Dora Câmara, diretora comercial do IBOPE Mídia.

Sobre o Target Group Index

O Target Group Index é um estudo single source sobre o consumo de produtos, serviços e mídia, estilo de vida e características sócio-demográficas.

Durante a pesquisa, o mesmo entrevistado responde todas as questões do questionário, o que permite uma análise completa da base de dados em qualquer uma das 200 categorias de produtos, 3 mil marcas e 800 veículos de comunicação presentes no estudo.

 
Fonte: IBOPE

Mais estudantes escolhem a dieta vegetariana

Ameila Middleton A Sala de Jantar Acansa serve opções sem carne, leite de soja e tofu. O café The Edge perto do campus oferece sopas e sanduíches vegetarianos e sobremesas veganas. Em toda parte, os vegetarianos estão sendo providos. Quem são essas pessoas e por que toda essa atenção especial? A maioria conhece alguém que é vegetariano, mas os vegetarianos nos Estados Unidos representam apenas 3,2 por cento da população, de acordo com um estudo de 2008 publicado pela Vegetarian Times. No entanto, segundo uma pesquisa encomendada pela Vegetarian Resource Group,  1 por cento ou menos da população americana era

Quantos são os vegetarianos?

Nova Pesquisa do Ibope revela que 8% dos brasileiros se declaram vegetarianos (2012)  http://www.ibope.com.br/pt-br/noticias/paginas/dia-mundial-do-vegetarianismo-8-da-populacao-brasileira-afirma-ser-adepta-ao-estilo.aspx  Pesquisa do Ibope revela que 9% são vegetarianos (2011) http://www.ibope.com.br/calandraWeb/servlet/CalandraRedirect?temp=5&proj=PortalIBOPE&pub=T&db=caldb&comp=IBOPE+M%EDdia&docid=092582CC36D2FBFB8325784800405FB8 Pesquisa da Escola Superior de Propaganda e Marketing no final de 2010 contabilizou 4% de vegetarianos entre jovens de São Paulo e Rio, das classes A, B e C. Nos EUA, um em cada cinco universitários já aboliu a carne. http://www.vegetarianismo.com.br/sitio/index.php?option=com_content&task=view&id=2616&Itemid=51  Brasileiros querem mais tênis de marca e menos carne, diz estudo http://www.vegetarianismo.com.br/sitio/index.php?option=com_content&task=view&id=2607&Itemid=103 Governo pede a britânicos para comer menos carne Eat less red meat, Government scientists warn Britons will be warned that they must cut