Prefácio

Luc Vankrunkelsven nos apresenta mais uma obra que discute temas de extrema importância para a vida no campo e na cidade. Desta vez, apresenta uma coletânea de crônicas que não só questiona a monocultura da soja, mas relata experiências que preservam a biodiversidade e asseguram a soberania alimentar. Neste livro, além de denunciar, Luc busca Leia mais sobrePrefácio[…]

A agricultura está regredindo?

Luc Vankrunkelsven “O fim dos camponeses”. Há 40 anos, este foi o título do livro escrito por Henri Mendras e que causou agitação (1). Depois dele, muitos repetiram a expressão, entre outros, Schultz e Gudeman. Ironicamente, parece que, desde 1997, surge um novo som. Buckwell foi o primeiro a escrever sobre ‘o fim da agricultura Leia mais sobreA agricultura está regredindo?[…]

Mesmo assim…

Após a queda do muro de Berlim, em 1989, seguiram-se os anos silenciosos da década de 1990. A grande vitória de um modelo, o capitalismo, era um fato. Muitos chamaram o período de ‘a década perdida’, mas talvez possamos dizer também que, nesse silêncio, houve o deslocamento de algumas questões muito fundamentais. Desde 1995, a Leia mais sobreMesmo assim…[…]

De pregadores no deserto a movimento de massa?

Naquele período, surgiu um livro impressionante: Our stolen future [Nosso futuro roubado], de Theo Colborn, Dianne Dumanoski e John Peterson Myers. Na edição brasileira, de 1997, José A. Lutzenberger escreveu um prefácio tocante. No Brasil, Lutzenberger foi um pioneiro inspirador, um ponto de referência para o movimento ambiental que se iniciava. Ele foi funcionário da Leia mais sobreDe pregadores no deserto a movimento de massa?[…]