Aurora no Campo - Soja Diferente

Aurora

‘Aurora no campo’ não tem, em absoluto, a pretensão de estar no mesmo nível do belo entrosamento de 14 professores e pesquisadores. O que segue é uma tentativa de – após ‘navios que se cruzam na calada da noite’ – mostrar um pouco da nova vida que está surgindo aqui e ali; na verdade, em todo o mundo. Multicolorida e diversa. Este livro é excessivamente restrito em vista do muito que há para contar, das centenas de outros exemplos. Cada região do Brasil possui produtos específicos. É só pensar em açaí, no Pará, e em buriti, no estado vizinho do Maranhão. Na Região Norte do Brasil, estas duas espécies de palmáceas formam a base da alimentação, construção de moradias e produtos artesanais regionais. Seria um pecado deixar que esta diversidade cultural fosse destruída pela monocultura de soja que avança do sul para o norte.

Nesta coletânea você encontrará, principalmente, histórias sobre como os agricultores no Sul do Brasil e na Europa reassumem o papel da expressão alemã “Bauer, bewaarder van de aarde [agricultor, guardião da terra]. As crônicas falam de sua criatividade e inventividade, sem serem românticos ou ingênuos. Há muitos sucessos e fracassos, muito cair e levantar-se. Individualmente e coletivamente. Localmente e globalmente. Mesmo contrariando o senso comum, acreditamos que após cada noite surge a aurora. Com nova vitalidade.